segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Cantos para o Advento 2



Mais uma folha de sugestões de cantos para o Advento. Acho que esta está mais completa que a postada o ano passado.



Advento e Natal - 2009

Refrãos Meditativos
Senhor, nós te esperamos/ Senhor, não tardes mais
Senhor, nós te esperamos/ Vem logo, vem nos salvar!


Teu sol não se apagará, tua lua não terá minguante Porque o Senhor será a tua luz
Ó povo que Deus conduz!


Nossos olhos ganharão nova luz
Com a tua presença Jesus!


Ó luz do Senhor que vem sobre a terra
Inunda meu ser, permanece em nós


Quem cochila, desperte, o que dorme, levante
Preparemos a estrada do Senhor caminhante.


Jesus, de todos Salvador,/ Tua luz revela o esplendor do Pai/ Nós te cantamos bendizendo o teu amor


Shemá, Israel, Adonai Elohenu Adonai ehad
Escuta, Israel, Adonai é nosso Deus um é o Senhor



Mudarei o sertão em açude/ Terra seca em olho d’água
Assim falou o Senhor das andanças
Pra dar a seu povo a esperança


Vai mudar a secura
Do chão duro brotará água pura (bis)


Do tronco da vida, mesmo ferida,
Nasce uma flor rindo da dor.   Ó, ó, ó


Abertura
Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar (bis)
Glória ao Pai, ao Filho e ao Santo Espírito (bis)
Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito
Aleluia irmãs, aleluia irmãos (bis)
Nosso Senhor vem vindo, a Deus louvação! (bis)
De pé vigilantes, lâmpadas nas mãos (bis)
Ele já está bem perto, nossa salvação (bis)


Hinos
  1. Ó vem Emanuel
1. Ó vem, ó vem Emanuel/ És esperança de Israel
Promessa de libertação/ Vem nos trazer a Salvação
Dai glória a Deus, louvai povo fiel
Virá em breve o Emanuel
2. Ó vem aqui nos animar/ As nossas vidas despertar/ Dispersa as sombras do temor/ Vem pra teu povo, ó Salvador!
3. Ó vem, rebento de Jessé/ E aos filhos teus renova a fé/ Que possa o mal dominar/ E sobre a morte triunfar
4. Vem esperança das nações/ Habita em nossos corações/ Toda discórdia se desfaz/ Tu és Senhor, o rei da Paz


  1. Sentinela (hinário luterano)
1. Sentinela, vai-se a noite, que sinais me tens a dar?
Que me dizes das promessas do divino amor sem par?
Caminheiro! Não percebes sobre o monte a cintilar
Nova estrela portadora de mensagem singular?
2. Sentinela, tais fulgores podem bênçãos predizer?
Sim, o brilho desta estrela novos tempos vem trazer;
Novos dias, novas eras, tudo novo nos vai ser,
Para todos neste mundo, quando o brilho seu vencer.
3. Sentinela, eis nasce o dia; foge a noite, tudo é luz;
Vai-se a treva, cessa o medo, já nos falam de Jesus!

Sentinela vai-te embora grande graça nos conduz
Pois na terra já dominam doce amor e paz a luz.


  1. Ouve-se na terra um grito
Ouve-se na terra um grito, / Do povo um grande clamor:/ "Senhor abre os céus,/ Que as nuvens chovam o Salvador!"
1.É um só canto de amor e esperança,/ Que a terra mãe, germinando, contém:/ A ti, Senhor, nós clamamos:/ Vem, Senhor Jesus, vem!
2.Mesmo se as guerras destroem a terra/ Pondo em perigo a paz e o bem,/ Que a nossa voz não se canse:/ Vem, Senhor Jesus, vem!
3.Vem reunir hoje as tuas Igrejas,/ A tua prece rezamos, também,/ O nosso amor sempre espere:/ Vem, Senhor Jesus, vem!


  1. Oh! Vem, Senhor
Ó! Vem, Senhor, não tardes mais,
Vem saciar nossa sede de paz!
1. Ó! Vem, como chega a brisa do vento
Trazendo aos pobres justiça e bom tempo!
2. Ó! Vem, como chega a chuva no chão
Trazendo fartura de vida e de pão!
3. Ó! Vem, como chega a luz que faltou
Só tua Palavra nos salva, Senhor!
4. Ó! Vem, como chega a carta querida
Bendito carteiro do Reino da vida!
5. Ó! Vem, como chega o Filho esperado
Caminha conosco, Jesus bem-amado!
6. Ó! Vem, como chega o Libertador
Das mãos do inimigo, nos salva, Senhor!


  1. Lá vem, lá vem
1. O sertão seco pela chuva suspirava/ Os oprimidos gemem o peito em oração/ Vem, ó Senhor, nos libertar não tardes mais/Junta esse povo e realiza a promissão
Lá vem, lá vem, já se aproxima a redenção (bis)
2. A voz do anjo sussurrou nos teus ouvidos/ Ave, Maria! Serás mãe da Salvação/ Maria, Igreja, vai dizer aos oprimidos/Que a terra nova já se encontra em gestação
3. Das encurvadas, as cabeças se levantam/ Dos explorados, homens sem as cansadas mãos/ E dos gemidos vão virando um forte canto/O pobre unido é sinal de redenção.


  1. Quando virá, Senhor
1 - Quando virá, Senhor, o dia,/ Em que apareça o Salvador/ E se efetue a profecia: “Nasceu no mundo o Redentor?”
Orvalhai lá do alto, ó céus, e as nuvens chovam o Justo!
2 – Aquele dia prometido/ A antiga fé de nossos pais/ Dia, em que o mal será banido, mudando em risos nossos ais!
3 – Quando felizes o veremos/ No firmamento despontar/ E a espargir clarões supremos, da terra as trevas dispersar?
4 – Filha de Reis, ó virgem pura/ Sai da modesta posição/ Em ti, embora criatura, de Deus se fez a encarnação!


  1. O Senhor virá libertar o seu povo
O Senhor virá libertar o seu povo
E do mundo velho nascerá o novo
1 – Se quem tem sede procura a fonte/ Nós procuramos o teu altar/ Vem, ó Deus vivo, salvar teu povo/ Vem, sem demora, nos libertar
2 – Teu povo, outrora, sofreu no Egito/ Todas as dores da servidão/ Teu novo povo, também sofrido/ De Ti espera libertação
3 – Marchaste, outrora, com teus amigos/ E os conduziste com segurança/ Vem, novamente, marchar conosco/ Senhor da história, nossa esperança
4 – Vem, sem demora, guiar teu povo/ Pelos caminhos de cada dia/ Se estás conosco, a noite é clara/ E até do pranto nasce a alegria


  1. Ó vinde, enfim
1. Ó vinde, enfim, eterno Deus, descei, descei dos altos céus/ Deixai a vossa habitação, que a terra espera salvação
2 – Que o céu roreje o Redentor, baixai as nuvens, ó Senhor!/ Germine a terra o nosso Deus, pra que nos abra os altos céus
3 – Por que tardais, ó bom Jesus, em rebrilhar na vossa luz?/ Em treva densa o mundo jaz, trazei a luz, o amor, a paz!
4 – Ó vinde, enfim, Senhor, a nós, ressoe no mundo a vossa voz/ No mundo brilhe o vosso olhar, ó vinde, enfim, sem demorar


  1. Vinde, cristãos
1 – Vinde, cristãos, vinde à porfia, hinos cantemos de louvor/ Hinos de paz e de alegria, hinos dos anjos do Senhor
Glória a Deus nas alturas
2 – Foi nesta noite venturosa do nascimento do Senhor/ Que anjos de voz harmoniosa deram a Deus o seu louvor
3 – Vinde juntar-vos aos pastores, vinde com eles a Belém/Vinde correndo pressurosos; o Salvador, enfim, nos vem!


  1. Cântico de Simeão (Lc 2, 29-32)
1. Agora, Senhor, podes deixar partir em paz teu servidor/ Porque os meus olhos já contemplam da salvação o resplendor!/ Segundo a tua palavra, vi a tua salvação: manda em paz teu servidor, no fulgor do teu clarão
2. Pra todos os povos preparaste a salvação que resplendeu/ A luz que ilumina as nações todas/ A glória deste povo teu/ Glória ao Pai, glória ao Menino/ Deus que veio e Deus que vem/ Glória seja ao Divino, que nos guarde sempre. Amém!


  1. Anunciação
1. Na bruma leve das paixões que vem de dentro/ Tu vens chegando pra brincar no meu quintal/ No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento/ E o sol corando a nossa roupa no varal
    Tu vens, tu vens, eu já escuto teus sinais (bis)
2. A voz do anjo sussurrou no meu ouvido/ Eu não duvido já escuto teus sinais/ Que tu virias numa manhã de domingo/ Eu te anuncio nos sinos das catedrais


  1. Cálix Bento
1. Ó Deus, salve o oratório! Ó Deus, salve o oratório/ Onde Deus fez a morada, oiá, meu Deus/ Onde Deus fez a morada, oiá.
2. Onde mora o cálix bento/ Onde mora o cálix bento/ E a hóstia consagrada, oiá, meu Deus/ E a hóstia consagrada, oiá
3. De Jessé nasceu a vara/ De Jessé nasceu a vara/ Da vara nasceu a flor, oiá, meu Deus/ Da vara nasceu a flor, oiá
4. E da flor nasceu Maria/ E da flor nasceu Maria/ De Maria o Salvador, oiá, meu Deus/ De Maria o Salvador, oiá


Versos de resposta
  1. Vem Senhor Jesus
Vem, vem, Senhor Jesus, vem, vem, vem amado Senhor!
1. Vem nos libertar, vem nos salvar/ A injustiça é grande, o inimigo é forte/ Vem vencedor da morte
2. Corre bem depressa, vem nos ajudar/ O dia passou, a noite escurece/ Fica sempre com a gente


  1. Muito suspira por ti
1 – Muito suspira por ti teu povo fiel, Tua Israel / Ó Santo Messias (bis)
2 – Tua lembrança embalsama/ Dos que te amam os tristes dias/ Ó Santo Messias
3 – A nação que te adorava/ Tornaram-na escrava, encheram-na de dor / Ó Santo Messias
4 – Apressa-te em vir libertá-la/ Em vir salva-la, Bendito Senhor/ Bendito Senhor!


  1. Como o sol nasce da aurora
Como o sol nasce da aurora, de Maria nascerá
Aquele que a terra seca em jardim converterá
Ó Belém, abre teus braços ao Pastor que a ti virá.
Emanuel, Deus conosco,
Vem ao nosso mundo, vem! (bis)
1. Ouve, ó Pastor do teu povo,vem do alto céu onde estás!
Emanuel, Deus conosco, vem ao nosso mundo, vem!
2. Vem teu rebanho salvar, mostra o amor que lhe tens!
3. Salva e protege esta vinha, foi tua mão que a plantou!


Salmos
  1. Salmo 24
Vem vindo o Senhor, vem vindo o rei da glória!/ Quem tem mãos inocentes, com ele vai morar/ Abri as vossas portas, que o Rei já vai chegar.
1. O mundo e tudo que tem nele é de Deus/ A terra e os que aí vivem todos seus!/ Foi Deus que a terra construiu por sobre os mares, no fundo do oceano seus pilares
2. Quem vai subir ao monte santo do Senhor/ Da tua casa vai ser morador?/ Quem tem as mãos bem limpas de toda maldade e puro o coração na lealdade!
3. A bênção, a bênção do Senhor receberá, justiça e salvação encontrará/ Aí está a graça que busca a Deus, a face do Senhor, Deus dos hebreus!
4. Quem é, quem é, então, quem é o Rei da Glória?/ O Deus que tudo pode o Rei da Glória!/ Aos três, ao Pai, ao Filho e ao Confortador, do povo que caminha o louvor!


  1. Salmo 25
Por ti anseia meu coração, Deus de Jesus, libertação 1. A ti, Senhor, elevo a minh’alma em ti, meu Deus, sim muito eu confio/ Jamais eu fique envergonhado, Jamais triunfem meus inimigos/ Não fica mesmo envergonhada, quem sua esperança em ti coloca/ Envergonhado, há de ficar, quem, sem motivo, te abandona
2. Mostra, Senhor, a mim teus caminhos, com tua verdade guia teu servo/ Meu Salvador, tu és, oh meu Deus! O dia todo em ti espero/ Lembra, Senhor, da misericórdia eteu amor que sempre existiu/ Dos meus pecados tu te esqueças ou, como tu, quem mais já se viu?
3. E a retidão me mantenha firme, pois em ti ponho minha esperança/ Ó Deus, liberta Israel, teu povo de toda angústia e desesperança/ A ti à glória, Deus Salvador, Teu Filho deste-nos por Maria/ Glória a Jesus e glória ao Divino fonte de paz, de amor e alegria.


  1. Salmo 27(26)
O Senhor há de chegar, sua estrela já brilhou/ Sigamos sua luz, sigamos sua luz
1. O Senhor é minha luz, ele é minha salvação
O que é que vou temer? Deus é minha proteção
Ele guarda minha vida: eu não vou ter medo, não (bis)
2. Quando os maus vem avançando, procurando me acuar/ Desejando ver meu fim só querendo me matar/ Inimigos opressores é que vão se liquidar (bis)
5. Ele vai me dar abrigo, em sua casa vou morar/ Nestes tempos de aflição sei que vai me agasalhar/ Me escondendo em sua tenda para na rocha eu me firmar
7. Ó Senhor, ouve meu grito e de mim tem compaixão/ Eu te falo confiante firme está meu coração/ Eu procuro é tua face não me tires tua visão (bis)
10. Sei que eu hei de ver um dia a bondade do Senhor/ Lá na terra dos viventes viverei no seu amor/ ‘Spera em Deus! Cria coragem! ‘Spera em Deus que é teu Senhor! (bis)
11. Glória ao Pai que nos acolhe! Glória a Cristo Salvador! Igualmente demos glória ao Espírito de amor/ Deus é Mãe que nos consola, cantaremos seu louvor (bis)


  1. Salmo 80
Eis que de longe vem o Senhor/ Para as nações do mundo julgar/ E os corações alegre’ starão/ Como numa noite em festa a cantar
1. Senhor Deus ouvi, escuta, do teu povo és o Pastor
De tua tenda de bondade faz-nos ver o esplendor
Teu poder desperta e vem, vem salvar-nos, ó Senhor
2. Até quando estarás indignado contra gente
Até quando o pão da dor comerá amargamente
Este povo que tornaste dos vizinhos o joguete
3. Sobre o povo que escolheste tua forte mão estende
Tua face sobre nós resplender, faze clemente
Restaurar-nos vem, Senhor, vem salvar a tua gente


  1. Salmo 85
Das alturas orvalhem os céus/ E as nuvens que chovam justiça/ Que a terra se abra ao amor/ Que germine o Deus Salvador
1. Foste amigo antigamente desta terra que amaste
Deste povo que escolheste sua sorte melhoraste
Perdoaste seus pecados tua raiva acalmaste
2. Vem, de novo, restaurar-nos sempre irado estarás
Indignado contra nós e a vida não darás
Salvação e alegria outra vez não nos trarás
3. Escutemos suas palavras é de paz que vai falar
Paz ao povo, a seus fiéis está perto a Salvação
E a Glória vai voltar.


  1. Salmo 122
Fiquei  foi contente com o que me disseram
“A gente vai pra casa do Senhor!”
1. Nossos passos já pisam teu chão/ Ó cidade bem fortificada/ Para lá vai subindo a nação, as tribos do Senhor/ Pois já virou tradição/ Pra celebrar, pra celebrar o nome do Senhor
2. Pois é lá que estão os tribunais/ Tribunais da justiça do rei/ Venham todos e peçam a paz para Jerusalém/ Vivam tranqüilos demais/ Os que te amam, dentro de ti, segurança e todo o bem
3. Por aqueles que são meus irmãos/ Os amigos a quem quero bem/“Paz contigo!”será meu refrão/ Por causa deste templo que do Senhor é mansão, do nosso Deus/ Eu te desejo a paz e todo bem


  1. Salmo 146
Quero cantar ao Senhor / Sempre enquanto eu viver/  Hei de provar seu amor, seu valor e seu poder!
1. Aleluia, eu vou louvar/ Ó minh’alma bendize ao Senhor/ Toda a vida eu vou tocar,/ Ao meu Deus vou cantar meu louvor
2. Não confiem nos poderosos/ São de barro e não podem salvar/ Quando expiram voltam ao chão/  Seus projetos vão logo acabar
3. Feliz quem se apóia em Deus,/  No Senhor põe a sua esperança/  Ele fez o céu e a terra/ Quem fez tudo mantém a aliança
4. Faz justiça aos oprimidos/ Aos famintos sacia com pão/ O Senhor liberta os cativos/ Abre os olhos e os cegos verão
5. O Senhor levanta os caídos/ São os justos por ele amados/ O Senhor protege os migrantes/ E sustenta os abandonados
6. O Senhor transtorna o caminho/ Dos malvados, dos malfazejos/ O Senhor é rei para sempre/ Para sempre a reinar o teu Deus!
7. Aleluia vamos cantar/ Glória ao Pai e ao Filho também/ Glória igual ao Espírito Santo
Aleluia, pra sempre. Amém!
  1. Salmo 147
Ouço uma voz lá no deserto a gritar/ “Uma estrada preparai para o Senhor/ Endireitai os seus caminhos, pois ele vem/ E logo mais avistareis o Salvador”
1 - Louvai é bom cantar/ Merece o nosso Deus
Jerusalém renova/ E junta os filhos seus
Dos corações feridos/ Quem cuida é Deus do céu
2 – São quantas as estrelas/ Quem é que vai saber?
Quem sabe o nome delas?/ Só ele tem poder
Levanta os humilhados/ Os maus vai abater
3 – Cantai a nosso Deus/ Ao som de violões
Com nuvens cobre os céus/ E desfaz os torrões
E faz brotar nos campos/ As ervas e os feijões
4 – Fornece o alimento/ Às aves e animais
Na força dos guerreiros/ Meu Deus não se compraz
Que teme e nele espera/ Lhe agrada muito mais
5 – Ao Deus do céu louvemos/ E ao que vem cantemos
E ao Divino então/ A nossa louvação
Os três que são um Deus/ Exalte o povo seu


Antífonas “O” e Cântico de Maria
  1. Ó mistério – Cântico de Maria
Ó...Ó Mistério/ Escondido à séculos no céu/ Aos fiéis foste um dia revelado/ E dos cegos os olhos recobrados/ Já se firmam do coxo os passos seus/ Faz o pobre escutar a voz de Deus/ Vem, levanta do chão os humilhados ó, ó
Vem, ó Filho de Maria, a manhã já se anuncia Quanta sede, quanta espera, quando chega, / Quando chega aquele dia? ...


  1. Ó Libertação – Cântico de Maria
Ó...Ó Libertação/ Pelo Espírito Santo consagrado/ Boa nova trouxeste aos oprimidos/ Confortaste os corações sofridos/ Os cativos por ti serão livrados/ Vem liberta este povo acorrentado/ E o tempo da dor seja esquecido ó, ó
. Vem ó Filho de Maria, já se acende a Estrela Guia/ Quanta sede, quanta espera, quando chega, quando chega aquele dia? ..


  1. Ó Sabedoria – Cântico de Maria
Ó...Ó Sabedoria/ Tu saíste da boca do mais alto/ Tu com força e ternura dirigiste/ Este mundo por ti todo ordenado/ Vem mostrar o caminho consagrado/ Da prudência que ao justo um dia abriste, ó, ó.
Vem ó Filho de Maria/ Vem do céu Sabedoria/ Quanta sede, quanta espera, quando chega, quando chega aquele dia? ...


  1. Ó de Jessé raiz - Cântico de Maria
Ó... Ó de Jessé raiz/ Estandarte bem alto levantado/ Um sinal para todas as nações/ Frente aqui ficam mudos os barões/ Clama o povo e só quer ser escutado/ Vem, Senhor, libertar o escravizado/ Não demores escuta as rogações ó, ó
. Vem, ó filho de Maria, vem dos tristes à alegria/ Quanta sede, quanta espera, quando chega, quando chega aquele dia? ...


  1. Ó Chave de Davi – Cântico de Nossa Senhora
Ó...Ó Chave de Davi/ És o cetro da casa de Davi, tu que abres e ninguém pode fechar/ Tu que fechas e abrir quem poderá?.../ Vem depressa esta raça acudir, algemado quem vai poder sair/ Se na sombra da morte é seu lugar? Ó, ó
Vem ó Filho de Maria, vem ó Cristo, Rei-Messias/ Quanta sede, quanta espera, quando chega, quando chega aquele dia? ...


  1. Ó Senhor, ó Adonai – Cântico de Maria
Ó... Ó Senhor, ó Adonai/ De Israel e do teu povo és o guia/ Numa fogueira a Moisés te revelaste/ O Sinai a teus servos entregaste/ Uma lei cheia de sabedoria/ Vem trazer a teu povo alforria/ Libertar com teu braço os que amaste, ó, ó
. Vem, ó filho de Maria, do teu povo és o guia/ Quanta sede, quanta espera, quando chega, / Quando chega aquele dia? ...


  1. Cântico de Maria
. A minh’alma engrandece o Senhor
E exulta meu espírito em Deus, meu Salvador
Porque olhou para a humildade de sua serva
Doravante as gerações hão de chamar-me de bendita
O Poderoso fez em mim maravilhas  
E Santo é seu nome
Seu amor para sempre se estende
Sobre aqueles que o temem
Manifesta o poder de seu braço, dispersa os soberbos
Derruba os poderosos de seus tronos
E eleva os humildes
Sacia de bens os famintos, despede os ricos sem nada
Acolhe Israel seu servidor fiel ao seu amor
Como havia prometido a nossos pais
Em favor de Abrahão e de seus filhos para sempre
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo
Como era no princípio e agora e sempre. Amém!


Despedida
  1. Salve, Maria!
Salve, Maria! Tu és a estrela virginal de Nazaré
És a mais bela entre as mulheres,
Cheia de graça, esposa de José
1. O anjo Gabriel foi enviado pelas idas de Nazaré
Para dar um recado lá do céu / Àquela moça que casara com José
2. Maria, ao ver o anjo, se espantou/ O anjo disse nada temer/ Pois ela tem, mandada pelo céu/ O próprio Deus, um dia dela irá nascer
3. Maria já me disse esta mensagem/ Que o anjo afirma que Deus fará/ Que sua prima, Isabel, embora velha/ Vai ter um filho que João se chamará
4. Maria fez-se escrava do Senhor/ E apresentou-se para a missão/ De ser a imaculada Mãe de Deus/ Contribuindo para a nossa salvação




2 comentários:

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Antonio e moro em Piracicaba-SP...
será que vc poderia me ajudar?
procuro um cântico que era mais ou menos assim: "...quem és esta sombra tão bela..?" era um cântico para Maria...se vc souber qual era, o nome e se é possível compartilhar o arquivo em MP3, por favor me responda - tonyaclg@ibest.com.br

Salette disse...

Olá Antonio. Infelizmente não poderei ajudá-lo pois não tenho gravado este canto, nem a sua partitura. Tenho, somente a letra completa. Sei que este é um canto folcolarino e, há muitos anos, em um encontro de Mariápolis, aprendi a cantar. Mas o estou procurando pois tenho outros pedido além do seu. Se conseguir alguma coisa lhe aviso, ok.
Bj e obrigada pela visita.