terça-feira, 6 de outubro de 2009

Hinos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré

Hinos tradicionais do Círio de Nossa Senhora de Nazaré

A música "Vois sois o Lírio Mimoso" é considerada o hino oficial do Círio de Nazaré. Foi composta em 1909, pelo poeta maranhense Euclides Farias, que conseguiu descrever, em verso e prosa, toda a devoção do povo paraense.
Esse amor também é anunciado em outros hinos que já fazem parte da festa, como "Virgem de Nazaré". Sua letra é da poetisa paraense Ermelinda de Almeida. Na década de 60, foi musicada pelo Padre Vitalino Vari.
"Maria de Nazaré" é outra canção que homenageia Nossa Senhora e foi composta em 1975. Seu compositor é uma figura ilustre no cenário católico brasileiro: o sacerdote mineiro Padre José Fernandes de Oliveira, o Pe. Zezinho.
Outro hino de destaque é "Senhora da Berlinda", cuja letra e música é do Padre Antônio Maria Borges, compostas em1987.
Dizem que "Vois sois o Lírio Mimoso" foi feito para Nossa Senhora da Providência, padroeira dos Barnabitas, e que depois, a pedido do padre Afonso Di Giorgio, o advogado, político e líder católico na época, Aldebaro Klautau, adaptou o estribilho que atualmente cita o nome Senhora de Nazaré.
Vós sois o Lírio Mimoso
1. Vós sois o lírio mimoso do mais suave perfume 
Que ao lado do santo esposo a castidade resume.
Ó Virgem Mãe amorosa
Fonte de amor e de fé
Dai-nos a benção bondosa
Senhora de Nazaré
2. De vossos olhos o pranto é como a gota de orvalho
Que dá beleza e encanto à flor pendente do galho.
3. Se em vossos lábios divinos um doce riso desponta
Nos esplendores dos hinos noss'alma ao céu se remonta.
4. Vós sois a flor da inocência que nossa vida embalsama 
Com suavíssima essência que sobre nós se derrama.
5. Quando na vida sofremos a mais atroz amargura
De Vossas mãos recebemos a confortável doçura.
6. Vós sois a ridente aurora de divinais esplendores
Que a luz da fé avigora nas almas dos pecadores.
7. Quando em suspiros estais a vida sentimos morta
Nessas angústias finais o vosso amor nos conforta.
8. Sede bendita, Senhora farol de eterna bonança
Nos altos céus onde mora a luz da nossa esperança.
9. E lá da celeste altura no vosso trono de luz,
Dai-nos a paz e a ventura do vosso amado Jesus!
VIRGEM DE NAZARÉ
1. Virgem de Nazaré, Mãe de concórdia derrama sobre nós misericórdia!
Virgem de Nazaré, luz que nos guia, / Ave Maria!, Ave Mari i a!
2. Virgem de Nazaré, Mãe carinhosa oscula nossa fronte, generosa!
3. Virgem de Nazaré, graça e poder livra o mundo do sofrer!
4. Virgem de Nazaré, força e esperança alcança-nos de Deus: paz e bonança!

MARIA DE NAZARÉ
1. Maria de Nazaré, Maria me cativou
Fez mais forte a minha fé
 
E por filho me adotou
As vezes eu paro e fico a pensar
E sem perceber, me vejo a rezar
E meu coração se põe a cantar
Pra Vigem de Nazaré
Menina que Deus amou e escolheu
Pra mãe de Jesus, o Filho de Deus
Maria que o povo inteiro elegeu
Senhora e Mãe do Céu
Ave - Maria (3X), Mãe de Jesus!
2.
Maria que eu quero bem, Maria do puro amor
Igual a você, ninguém
Mãe pura do meu Senhor
Em cada mulher que a terra criou
Um traço de Deus Maria deixou
Um sonho de Mãe Maria plantou
Pro mundo encontrar a paz
Maria que fez o Cristo falar
Maria que fez Jesus caminhar
Maria que só viveu pra seu Deus
Maria do povo meu 

NOSSA SENHORA DA BERLINDA

1. Porque eu tenho esperança e muita fé
Porque eu quero ter amor bem mais ainda
Porque te amo, Senhora de Nazaré
Quero puxar a corda da berlinda
Ave, ave ó Senhora da Berlinda
Ave Maria este é meu grito de fé
Ave, ave, Deus te fez a flor mais linda
Ave, ave Maria, Senhora de Nazaré
2.
A tua corda, me enlaça nesta hora
Me prende a Deus de corpo, alma e coração
Assim é doce ser escravo teu Senhora

Servindo a Deus em cada homem meu irmão
3. Em Nazaré eras escrava do Senhor
Porém ninguém viveu maior libertação
Cordas de Deus te amarraram por amor
Foi a graça que prendeu teu coração
4. Puxar a corda da berlinda é para mim
O compromisso de levar-te e seguir
Pelos caminhos desta vida até o fim
É só fazer aquilo que Jesus pedir

PELAS ESTRADAS DA VIDA
1. Pelas estradas da vida nunca sozinho estás
Contigo pelo caminho Santa Maria vai.
Oh! vem conosco, vem caminhar Santa Maria vem  (bis).
2. Se pelo mundo os homens sem conhecer-se vão
Não negues nunca a tua mão a quem te encontrar

3. Mesmo que digam os homens "tu nada podes mudar"
Luta por um mundo novo de unidade e paz.
4. Se parecer tua vida inútil caminhar
Lembra que abres caminhos, outros te seguirão





Fonte: site da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré




2 comentários:

Sofia disse...

ÓTIMO Blog!
As canções belas, informações corretas passando um pouco do que realmente é o Círio de Nazaré, mas a emoção mesmo só estando lá no 2° domingo de Outubro em Belém do Pará. Vale muito apena!
Aprovado (y)'.

Salette disse...

Obrigada Sofia!
E que Nossa Senhora deNazaré interceda por nós junto a Jesus.
Bj